Fundação Rio Verde
O legado do Show Safra para o agronegócio e para Lucas do Rio Verde
23/03/2018 às 18h49
Por: Carol Scandolara/BW Comunica

A movimentação de R$ 1,2 bilhão na edição de 2018 do Show Safra BR 163 reafirma a importância do agronegócio local, estadual e também a nível nacional, e demonstra aos governantes que eles devem olhar mais para este setor, responsável pelo impulsionamento do país. É o que afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico de Lucas do Rio Verde, Fábio Raabe. “Nós podemos perceber que quando se fala em agro a gente não fala em crise, a gente fala em possibilidades, em perspectivas, e a busca pela tecnologia, aliada a esse evento trouxe tudo isso para nós”, enaltece Raabe.

A movimentação no comércio foi intensa durante o evento. “A rede hoteleira totalmente ocupada, restaurantes, prestadores de serviços aqui do município, todos se beneficiando deste momento, deste grande evento realizado pela Fundação”, observa o secretário.

Roberto Petri, gerente da Agro Baggio John Deere em Lucas do Rio Verde, avalia como positiva a participação da empresa na feira. “O Show Safra é sempre muito importante, mas este ano foi mais especial, pois estamos completando 30 anos. Trouxemos novidades na área da conectividade entre máquina e pessoa. Foi ótimo, os números foram alcançados e estamos muito satisfeitos”, declara Petri.

Passaram pela Fundação Rio Verde, organizadora do evento, nestes quatro dias de feira, cerca de 45 mil pessoas, número que supera a edição anterior, que foi de 35 mil, segundo o presidente da instituição, Marino Franz. “Houve aumento também no número de expositores. Este ano foram 200, 25% a mais que em 2017. Já vamos começar a pensar numa próxima edição, ainda maior”, encerra o presidente.